Em 05/02/2020 às 14h22

Odair vê Flu melhor no segundo tempo em estreia ruim na Sul-Americana

Tricolor das Laranjeiras ficou no 1 a 1 com o Unión La Calera, no Maracanã


Autor: Redação FutRio / Foto: Lucas Merçon (FFC)

Na noite desta terça-feira (4), o torcedor do Fluminense que foi ao Maracanã sai chateado. Após abrir o marcador, o Tricolor das Laranjeiras permitiu o empate do Unión La Calera (CHI) e ficou no 1 a 1 na sua estreia na Copa Sul-Americana. Odair Hellmann admitiu que a equipe não fez um bom primeiro tempo, melhorou no segundo, saiu na frente, mas tomou um gol por desatenção.

- No primeiro tempo, a gente não conseguiu, com a posse, criar oportunidades de gol, lances perigosos, finalizações. Já no segundo tempo foi bem diferente. Além da posse, a gente conseguiu produzir situações claras de gol. Antes do próprio gol, a gente saiu na cara com o Miguel, criou situações importantes, fez o gol. O jogo estava totalmente controlado. E o gol deles, sabe como a gente tomou o gol? De uma cobrança de lateral, não foi de contra-ataque, não foi porque nós estávamos com dois, três ou quatro a mais na marcação. Foi de uma situação até que nós evitamos o contra-ataque - lamentou o treinador.

Depois de quatro jogos seguidos vencendo, o Fluminense vem de duas partidas sem vitórias. Odair Hellmann afirmou que essa oscilação é normal, muito por conta do calendário apertado no início do ano, mas deixou claro que essa situação é para vários clubes do Brasil, lembrou que o Tricolor das Laranjeiras sabia que iria passar por essa maratona e que em meio as dificuldades, muitos pontos positivos foram vistos na equipe.

- Mágica ninguém faz. Não tem ninguém fazendo mágica no futebol profissional. Com sete treinamentos, com jogo de três em três dias, se perguntar para qualquer profissional, ele vai te falar o quanto é difícil. Mas a gente sabe que é para todos, então nós temos que superar as situações. Isso influencia na sequência, realmente, mas todos têm esse tempo. Nós estamos construindo uma nova equipe, temos mais dificuldades ainda, porque tem menos entrosamento, menos peças que ano passado estavam no processo. Então é uma construção da base, mas acho que a gente tem aproveitado muitas coisas interessantes. Claro que tem dificuldades, isso faz parte e está dentro de uma normalidade - frisou.

O jogo de volta será no dia 18 de fevereiro, às 19h15, no Estádio Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera, no Chile. Para avançar, o Fluminense precisa vencer o jogo ou empatar a partir de um placar de 2 a 2. Empate em 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis e 0 a 0 classifica a equipe chilena. Nesse domingo, o Tricolor das Laranjeiras fecha sua participação na fase de grupos da Taça Guanabara contra o Botafogo.

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por