Em 24/01/2020 às 19h21

Castán fala em honra a camisa e lamenta: "Todo mundo hoje pode zoar o Vasco"

Defensor lamentou momento complicado que o clube vem passando


Autor: Redação FutRio / Foto: Rafael Ribeiro (Vasco)

Duas rodadas sem vitória na Taça Guanabara, atrasos salariais e o Vasco não consegue ter um minuto de calma. O zagueiro Leandro Castán, de forma bem sincera, comentou sobre o atual momento e afirmou que, enquanto estiver em São Januário, vai sempre honrar a camisa vascaína.

- Estava até comentando com meus amigos. Todo mundo hoje pode zoar o Vasco, é muito fácil querer zoar o Vasco. É muito fácil dizer que o Vasco é isso ou aquilo. O Vasco tem muita história, muita tradição e isso me incomoda. Isso tem que acabar. Enquanto eu estiver aqui, vamos honrar essa camisa. Podemos não ser o melhor do time mundo, entrar para história e ganhar títulos, mas vamos sempre honrar essa camisa.

Sempre sincero, Castan voltou a comentar sobre o atraso salarial. O zagueiro afirmou que espera que a diretoria cumpra com as obrigações desta e da última temporada que ainda estão em aberto.

- O que vou falar? Não é novidade para ninguém, os salários estão atrasados. Conversamos com Campello quando ele veio aqui (no CT). Somos profissionais. Quando me apresentei, no dia 8, vim pensando neste ano. Estou com a consciência tranquila, fazendo o meu melhor e deixo o resto para diretoria. Nunca criticamos a diretoria e não vai ser agora que vamos criticar. Eles sabem da responsabilidade deles. Esperamos que sejam pagas as coisas que ficaram para trás. Seguimos o nosso trabalho.

O Vasco volta a campo neste sábado (25), às 19h, contra o Boavista, no Kleber Andrade, em Cariacica. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Tags: Vasco

Outras Notícias

Encontre-nos no Facebook






As informações deste site são constantemente atualizadas pelo FutRio. Ressaltamos que o FutRio reserva-se ao direito de alterar qualquer informação do site, valores e demais informações, sem aviso prévio.

© Copyright FutRio - Todos os direitos reservados.

desenvolvido por